cabeçaho-site-ciaud.png

Notícias

Women’s Creativity since the Modern Movement

Maria Helena Souto banner

Apresentação por Maria Helena Souto do Projeto Europeu de cooperação em larga escala, Women’s Creativity since the Modern Movement (MoMoWo), co-financiado pelo Creative Europe - Culture Sub-programme, no âmbito do sub-programa da Cultura, interdisciplinar e sem fins lucrativos que reúne sete instituições universitárias europeias sob a liderança do Politécnico de Turim (Itália), IADE (Portugal), Universidad de Oviedo (Espanha), Vrije University (Holanda), ZRC SAZU (Eslovénia), Université Grenoble Alpes (França), SiTI (Itália).

MoMoWo é o primeiro projeto selecionado e financiado pela União Europeia dedicado ao estudo das contribuições das mulheres profissionais em arquitetura, design industrial e interiores, arquitetura paisagística, planeamento urbano e engenharia civil, desde o movimento moderno até à contemporaneidade (1918 - 2018).

Considerando a história como “matéria viva”, o projeto tem por objetivo principal celebrar as criadoras cujas obras contribuíram – e contribuem – para a herança cultural e material Europeia. Simultaneamente, o projecto pretende constituir-se num instrumento de comunicação e disseminação cultural que convide a debater o lugar das projectistas numa sociedade em profundas mudanças. Com esse intuito, as várias atividades que compõem o programa do MoMoWo foram concebidas visando o fortalecimento do papel social e económico das profissionais da cultura do projecto, de forma a encorajar futuras gerações de mulheres criativas.

Para mais informações visite http://www.momowo.eu/

(Fonte: Professora Helena Souto) 

Atualizado a 15 de setembro de 2017 

Professor Pedro Janeiro Integra Comissão Cientifica Internacional 

O Prof. Pedro António Janeiro do CIAUD/FA/ULisboa foi convidado para integrar a Comissão Científica Internacional da Unione Italiana per il Disegno, UID; e será Chairmain no 39° Convegno Internazionale dei Docenti delle Discipline della Rappresentazione, XIV Congresso della Unione Italiana per il Disegno, TERRITORI E FRONTIERE DELLA RAPPRESENTAZIONE, que acontecerá em Nápoles nos dias 14, 15 e 16 de Setembro de 2017.

Para mais informações, visite o sítio:

http://www.unioneitalianadisegno.it/convegni/2017/"

CONCURSO - BIG ideia para a cidade

Mostra-nos ideias que façam cair o Carmo e a Trindade! Se tens uma BIG ideia para a cidade, vem apresentá-la no dia 17 de maio. O BIG smart cities é um concurso de empreendedorismo para ideias tecnológicas que tenham como objetivo melhorar a vida nas cidades. Inscreve-te já em https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-big-smart-lisboa-33423414332

 

QUEREMOS IDEIAS QUE FAÇAM CAIR O CARMO E A TRINDADE.

O BIG smart cities by Vodafone Power Lab e Ericsson é uma competição de empreendedorismo que premeia ideias de base tecnológica que melhorem a vida de quem vive, estuda, trabalha ou visita as cidades, dentro de 5 áreas: smart living, smart green, smart mobility, smart inclusion e smart tourism. A 5ª edição já arrancou e tem 20.000€ em prémios para os melhores projetos.

Participar é muito simples: a melhor forma é através do BIG smart Lisboa. No 17 de Maio, às 14h00, o BIG vai à Nova SBE procurar os projetos mais inovadores na área das smart cities e premiar as duas melhores ideias com 500€ e acesso direto aos 20 finalistas.

Só tens de preparar um pitch arrebatador (3 minutos + 3 minutos de perguntas e respostas para cada projeto), inscrever-te e aproveitar uma tarde de trabalho com workshops, mentoria e sessões de esclarecimento nas áreas do negócio, empreendedorismo, startups e comunicação.

A verdade é que o BIG smart cities é uma oportunidade que não vais querer perder. Primeiro, porque muito provavelmente já tens um pitch preparado e treinado; depois, porque o teu projeto é mais sólido do que uma simples ideia e, por fim, já tens noções claras de investimento, negócio e mercado.

Por isso, só tens a ganhar: 20.000€ em prémios, dias de aprendizagem e mentoria e uma experiência única altamente rica não só a nível profissional como pessoal.                        

Tens alguma dúvida? Então aparece numa das sessões de esclarecimento que vamos anunciando no Facebook ou envia-nos um e-mail para This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

                                         

 

INSCREVE-TE ATRAVÉS DO EVENTBRITE EM: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-big-smart-lisboa-33423414332                                                

Mais informação em:

bigsmartcities.pt

Segue-nos em:

https://www.facebook.com/BIGsmartcities

https://twitter.com/BIGsmartcities

https://www.instagram.com/big_smartcities/

OPEN CALL - Convergências

Informamos que a revista -  Convergências - Revista de Investigação e Ensino das Artes, publicação de Acesso Livre, com E-ISSN e avaliação paritária cega, anuncia a chamada de artigos nas áreas do design, da música e das artes visuais.

Aceitamos apenas artigos inéditos nas categorias

– Artigos Originais;

– Caso de Estudo;

– Artigo de revisão da literatura.

Os artigos podem ser escritos em português, inglês ou espanhol.

A chamada de trabalhos está aberta em permanência:  - Submissão até 30 de setembro – Publicação em 30 de Novembro.

http://convergencias.esart.ipcb.pt/submissions

Fundada em 2008, a Revista Convergências está indexada nos seguintes sistemas:

  • Qualis / Capes no Brasil (B4);
  • Latindex - Mexico - Cumpre 34 critérios de qualidade dos 36
  • Suncat in United Kingdom.
  • Openaccessarticles - Singapore
  • Google Académico
  • Citefactor.org
  • journals4free

Publicado a 3 de Julho de 2017 Fonte. revista Convergências 

 

TRIGGER POINT -  Voluntários para o Museu de História Natural e da Ciência

We are looking for volunteers to help us with the installation, invigilation and research events that we are planning for the Trigger Point exhibition (15 September - 29 October 2017 at Museu da História Natural e da Ciência, Lisbon / Contact This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.).

This project responds the growing need to develop new cultural, social and political geographies for the city by producing collaborative and multidisciplinary methodological frameworks that are crucial for addressing the challenges and complexities of urban change. The project is based on innovative practice led and interdisciplinary research combined with local narratives drawn from artists, architects and academics living in the city. The initial research will develop into a gallery exhibition with artistic, performative and reflective aspects that directly engage with the material gathered through deploying a broad range of practice led methods and approaches. The project involves a series of open workshops, guided tours and talks in the exhibition space and the surrounding urban context. Our period of initial research (October 2016 - September 2017) will be the starting point for a number of walks led by artists, writers, photographers, architects, philosophers, musicians, geographers and cultural historians. Here we explore the question of how we begin to develop the tools needed for imagining and constructing alternative futures for the city. 

The outcome of the project is a interdisciplinary multi-medial exhibition that explores the spatial and temporal realities revealed through acts of walking within the Lisbon metropolis. Here we have addressed sites of social rupture, large scale urban development and areas of the city that live with the risk of natural disaster. The exhibition will move into the fabric of the city and engages directly with the local environment. The ‘walks’ exhibited will acknowledge both real and fictional accounts of areas in and around the metropolis that will be captured through a series of printed city guides (displayed as part of the exhibition). Walking is ‘situated’ in spaces of art, architecture and writing, in acts of homage and protest; in the affirmation of boundaries and in trespass; in personal or public gestures; in wild or tame, mediated or constructed, interpretive, generative and embodied action; in reflection and in the invisible ‘everyday’.  Walking, the exhibition proposes, can reveal a city that exists as a multi-layered construct of diverse, sometimes incompatible cultural, social, historical, political and economic sites and paths.

Jaspar Joseph-Lester (artist), Susanne Prinz (curator), Julie Westerman (artist), Sofia Marcal (curator), Filipa Roseta (architect) Miguel Santos (Artist), Carlos Noronha Feio (Artist); Marta Jecu (Writer and theorist), ), Mónica Amaral Ferreira (Civil Engineer), John Wainwright (physical geographer), Ian Kiaer (artist), Jonathan Skinner (social anthropology), Daniel Zamarbide (architect).

NOTA: Informação com base na divulgação do Museu de História Natural e da Ciência.